Início Desporto ‘Acho estranho o facto ser Roger Schmidt e o Benfica a mudarem para jogar frente ao Vitória, e não o Vitória a mudar’

‘Acho estranho o facto ser Roger Schmidt e o Benfica a mudarem para jogar frente ao Vitória, e não o Vitória a mudar’

0
‘Acho estranho o facto ser Roger Schmidt e o Benfica a mudarem para jogar frente ao Vitória, e não o Vitória a mudar’

O Benfica arrancou um empate em Guimarães, depois de ter estado por duas vezes em desvantagem no marcador. Foi já nos minutos finais que os encarnados chegaram ao golo do empate, por Arthur Cabral, mas num jogo disputado num terreno difícil, com muita chuva e um Benfica que se apresentou em dificuldades.

Diogo Luís, antigo jogador do Benfica e comentador da CNN Portugal, atribui culpas a Roger Schmidt, nomeadamente por ter entrado em campo sem nenhum ‘9’.

“Sinceramente, acabo por não perceber muito bem o motivo pelo qual Roger Schmidt não coloca um avançado em campo. Quando digo avançado, digo um dos pontas-de-lança. Investiu 50 milhões de euros, tem três avançados que pretende.

Mesmo com um campo difícil, não fazia sentido a abordagem que Roger Schmidt teve. O que me parece, claramente, é que Roger Schmidt acabou por apostar muito mais na capacidade, na imaginação e na criatividade do que, propriamente, no trabalho coletivo”, começou por dizer Diogo Luís, em entrevista à Antena 1.

O comentador destacou ainda o facto de ser o Benfica a mudar a equipa e não o oposto, como seria mais habitual. O Vitória SC manteve-se fiel ao seu estilo, ao passo que o Benfica mudou a sua estratégia mais comum.

“Acho muito difícil que o Benfica tivesse sucesso, tendo em conta que a equipa não está rotinada a jogar daquela forma. Acho ainda mais estranho o facto de ser Roger Schmidt e o Benfica a mudarem para jogar frente ao Vitória, e não o Vitória a mudar para jogar frente ao Benfica”, atirou Diogo Luís.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui